5 exercícios de respiração que ajudam a acalmar a mente

0
183

Lidar com a ansiedade, seja ela um transtorno ou apenas um estado momentâneo, não é fácil.

É que, dependendo de sua intensidade, ela pode desencadear uma série de reações físicas no corpo – como falta de ar, coração acelerado e tremedeira nas mãos, por exemplo.

Mas você sabia que é possível controlar esses sintomas com a ajuda da respiração? Conheça algumas técnicas que vão te ajudar sempre que bater o nervosismo e você precisar dar uma acalmada na mente.

1. Contagem de sete segundos

Nessa técnica, o segredo é inspirar e segurar a respiração por sete segundos para que o oxigênio preencha os pulmões e, logo depois, circule por todo o corpo.

Para fazer o exercício completo, além do sete, você também vai precisar de mais algumas contagens. Faça o seguinte: comece soltando todo o ar que está preso. Depois, inspire pelo nariz e conte até quatro. Feito isso, segure completamente a respiração e conte até sete, em seguida, soltando novamente todo o ar enquanto conta até oito. Repita o ciclo três vezes para conseguir o efeito calmante.

2. Contagem de três em três

Outra técnica para controlar a ansiedade consiste na contagem de três em três. Aqui, o segredo é inspirar o ar enquanto começa a contar até três, segurá-lo no pulmão por três segundos e, em seguida, soltar todo o ar fazendo a mesma contagem. Repita o processo repetidas vezes para sentir alívio!

3. Uma narina de cada vez

Outra maneira bem simples de controlar a ansiedade e estresse é contar com a ajuda das narinas – deixando uma para inspirar e outra para expirar. Para ter a sensação de alívio, a dica é alternar a que é usada para inspiração/expiração a cada respirada.

4. Observando o diafragma

Indicada para dar um alívio instantâneo ao sistema nervoso, essa técnica consiste na observação do movimento do diafragma através de uma respiração lenta e profunda. Para que dê resultado, fica a dica: abaixe bem o diafragma – algo como “botar ele para dentro” – enquanto estiver inspirando e observe se as costelas estão se elevando no tórax.

5. Deitado

Para fazer essa respiração, você precisa estar deitado e com as luzes apagadas. Feito isso, é só colocar as mãos em cima do abdômen e contar a inspiração e expiração para sentir a sensação de relaxamento. Nessa técnica, um truque importante é tentar criar um ritmo enquanto faz a contagem. Você vai perceber que esses exercícios ajudam, e muito, quem está precisando relaxar.